sábado, 1 de julho de 2017

111 anos de histórias para contar

Está-se a preparar um grande dia para celebrar o 111º aniversário do Sporting. Depois de a Gala Honoris ter iniciado as comemorações, os sportinguistas poderão, durante o dia de hoje, entre outras coisas, visitar o estádio, o museu, o novo pavilhão e as infraestruturas adjacentes, tudo com entrada livre.


Mas, para além dos eventos preparados nas imediações do estádio e pavilhão, há ainda a oportunidade para as crianças experimentarem jogar rugby na Cidade Universitária.


Não podia haver melhor forma de assinalar 111 anos de histórias maravilhosas para contar. Viva o Sporting!

7 comentários :

  1. Queremos o nosso estádio sempre assim:
    https://www.youtube.com/watch?v=iKrSUoOQNyY&t=409s

    SL

    ResponderEliminar
  2. Qd começaste por grande dia, pensei que fosses fazer publicidade ao casamento do BdC.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu pensei que ia bloquear definitivamente todos lampiões velhacos!

      Erramos os dois!

      PS:Tens levado umas caroladas valentes dos teus amigos.
      Já andas bem? Ou ainda te custa um bocado?

      Eliminar
  3. Mestre, como não descobri o seu e-mail. deixo-lhe esta cópia retirada d'OJogo online.
    Muito em especial o 1º parágrafo, sobre deputados (ou de putedos?), talvez uma atenção sua.
    Ontem ouvi o Porto Canal e o FJM referiu-se em especial a Telmo Correia, de quem tenho muito má impressão, lembrando-o, precisamente, de que os deputados têm responsabilidades perante todos os eleitores e não apenas os eleitores do clube.
    Deixo-lhe o texto:
    "Início OpiniãoCronistasCarlos Machado
    Entre a risota e a demência
    PARTILHAR
    NO FACEBOOK
    Carlos Machado
    30 Junho 2017 às 19:36
    TÓPICOS
    Carlos Machado
    Opinião
    Quem tanto se reclama exemplar e investe em formação, com êxito assinalável e indesmentível, não pode confiar-se à bruxaria. Ou pode?

    Perante deputados da nação, que o são da nação inteira e não apenas de uma parte colorida, daí a necessidade de as conversas serem sérias, Luís Filipe Vieira leu um discurso político escrito com algum humor sobre bruxos, bruxedos, segredos, poções mágicas, pós inebriantes (esta não saiu lá muito bem!) e rematou o capítulo com hossanas ao investimento na formação e não no crime informático.

    No meio do folclore do achincalhamento e dos ataques à credibilidade, nesta altura é disso que se trata, depois de acusações graves a exigir serem levadas muito a sério, a bem de todos, inclusivamente de quem nega tudo e se diz inocente depois de ver o nome atirado para a fogueira mista que alterna influências e vaidades, a parte da bruxaria é delirante.

    Investir na formação, criar, educar, ensinar, conseguir um retorno fantástico, começando no rendimento desportivo e terminando no êxito financeiro de uma venda fantástica, ser criterioso nos ataques ao mercado, nas condições de trabalho proporcionadas ao grupo e depois entregar-se nas mãos de um feiticeiro, a ser verdade, seria a negação de tudo, extravagância a mais, isto para manter o espírito folclórico, porque numa análise profunda raiará a demência. Não se entende, não faz sentido. É tão grande o ataque à inteligência que só pode ser levado a brincar. Como a resposta dada. Ontem, foi desmentido, talvez mais desviado, mas antes foram mostrados documentos. Serão falsos? É uma hipótese. E tem de ser uma hipótese séria. Bem, se a assinatura exibida é a de um ex-ministro..."

    Peço-lhe que não publique, até estraga o post.
    SL

    ResponderEliminar
  4. Parabens Sporting Clube de Portugal! Um dos grandes amores da minha vida!

    ResponderEliminar
  5. Parabéns Sporting Clube de Portugal!

    #FeitoDeSporting

    https://www.youtube.com/watch?v=1u4TLg9dAwE&feature=youtu.be

    ResponderEliminar