segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Bryan Ruiz reintegrado

O Record noticiou há pouco que Bryan Ruiz foi reintegrado no grupo de trabalho liderado por Jorge Jesus. O costa-riquenho passa, portanto, a estar disponível para ser utilizado por Jorge Jesus assim que o treinador o entenda apto para competir. Esta reintegração é feita após ter-se alcançado um entendimento entre jogador, treinador e presidente.


Não sei ao certo o que se passou para Bryan Ruiz ter sido afastado da equipa, mas parece-me que esta é uma boa notícia. Bryan é um jogador caro que pode fazer uma posição para a qual o plantel não tem muitas soluções: Acuña está lesionado, Bruno César não tem dado aquilo de que a equipa precisa quando é colocado no flanco esquerdo, e Podence tem sido opção para outras posições.

O rendimento de Bryan Ruiz na época passada ficou bastante aquém do desejado, mas isso não só não foi exclusivo seu - houve muitos jogadores a jogar abaixo do esperado - como também pode ter sido prejudicado pelo desgaste acumulado ao longo de épocas consecutivas a disputar torneios internacionais no verão - mundiais, Gold Cup's, e por aí fora. Dentro do mau que foi este seu afastamento, pelo menos agora teremos um Bryan Ruiz fisicamente repousado. Utilizado com conta, peso e medida, penso que poderá ser uma mais-valia para a equipa. Uma boa notícia, portanto.


17 comentários :

  1. Acho muito boa ideia, mas que não se esqueça de levar as caneleiras para o treino.

    ResponderEliminar
  2. Começo por dizer que ainda considero a estrutura do futebol muito amadora para sermos campeões, e o afastamento do Bryan é mais uma dessas decisões (apesar da forma deplorável em que se apresentou o ano passado.)
    Portanto boa decisão mas seria importante a constituição do planter ser pensada de outra forma, pois esta decisão surge de uma óbvia lacuna no plantel (que é a alternativa ao Acuna).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Engraçado que no inicio do ano todos queriamos ver o Iuri Medeiros em vez do Bryan..

      Enfim,"Zandingas" passado 6meses ,deve haver muitos..

      SL

      Eliminar
    2. Defina amadora e em quê, pois assim é fácil atirar pedras. Problemas com jogadores todos os clubes têm, por exemplo o Porto foi buscar uma série de atletas afastados porque não podia ir às compras e até correu bem o slb tem no banco 70 milhões de euros e para o unknown o seu clube é que tem ima estrutura amadora tá certo...

      Eliminar
  3. Este é, a meu ver, o jogador que o Sporting precisava desde sempre, pois assim que este não foi vendido, deveria ter sido logo reintegrado. Para além de poder jogar na esquerda, a meu ver é também o segundo avançado ideal para jogar com Dost ou Doumbia.

    ResponderEliminar
  4. O assumir do erro que foi afastá-lo?

    ResponderEliminar
  5. Boa sorte Bryan! Sou das que pensa que vai dar muito jeito...

    ResponderEliminar
  6. Grande jogador, adorei-o no primeiro ano de verde e branco, tive muita pena pelo seu mau rendimento no 2º ano e fiquei muito triste com o seu afastamento no 3º ano.

    Fico feliz por esta reintegração. Não nos podemos dar ao luxo de ter um jogador destes parado, um jogador que sempre foi um dos preferidos do JJ. O nosso plantel não tem profundidade, temos poucos extremos e o Bryan pode fazer 2 ou 3 posições.

    A sua reintegração pode ser o assumir de um erro feito no início da época, do jogador, do treinador ou da direção, pouco importa. Quem é que não erra? O importante é o assumir dos erros e continuar com a vida para a frente pois assim se fazem os sucessos.

    ResponderEliminar
  7. Logo se verá se é mesmo reforço ou se tudo não passa de uma medida que visa evitar a sua saída de Alvalade sem qualquer compensação para o Sporting.

    À luz das novas regras da Fifa, um jogador que seja colocado a treinar à parte, poderá evocar a rescisão por conduta abusiva.

    Esperemos que assim não seja pois também entendo que o Ruiz pode ainda vir a ser muito útil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso seria verdade se o jogador tivesse sido colocado a treinar à parte como foi, por exemplo, o caso do Carrilho. No entanto B.Ruyz foi colocado a treinar com a equipa B, logo estava integrado no grupo de trabalho. Essa evocação nunca poderia ser feita!

      Eliminar
  8. Ainda vai a tempo de falhar um golo de baliza aberta na penúltima jornada.

    ResponderEliminar
  9. Gostava mesmo de saber os contornos do afastamento inicial. Houve quem dissesse que lhe pediram para renunciar aos torneios de verão, como causa do menor rendimento o ano passado. Se for assim até percebo a defesa dos interesses do Sporting. O jogador precisa de ter férias para recuperar porque na primeira época foi esticado aos limites

    ResponderEliminar
  10. Caro MdC,

    Primeiro porque é que o Bryan foi afastado do plantel? Não me parece que tenha sido devido a más exibições, pois foi aposta contínua do JJ. Mesmo numa forma miserável jogava... (aliás, à imagem do Acuña, utilizado até cair para o lado). Falou-se em desobdiência em relação à indicação por parte da estrutura do sporting em não ir para a seleção. Foi. Se foi esta a razão o sinal dado, após ter afastado o jogador, é que se pode fazer mais ou menos o que se quer. Acho que a decisão de o afastar foi péssima mas, após tomada, não acho que podesse ser reversível (do ponto de vista de gestão de plantel). O jogador em si é sem dúvida uma boa aquisição. Em forma e motivado é uma grande opção para o nosso ataque, ainda por cima canhoto. Parece-me uma situação ao estilo "Jamais!"... mas pronto, habituámos-nos nestes tempos a estas decisões intempestivas e imaturas.

    Abraço,
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nestes tempos a decisões intempestivas e imaturas, deduzo portanto que nos outros tempos (por exemplo não blindar Eric Dier que agora é o capitão da Inglaterra) era muito melhor.

      Eliminar
  11. Acho muito bem, se o "rapaz" se desintegrou, há que reintegra-lo.

    ResponderEliminar
  12. O Brian Ruiz é pago pelo Sporting para estar fisicamente e psicologicamente apto para representar o clube dentro das 4 linhas quando necessário! Não é pago para treinar com o Sporting A, é pago para treinar e jogar no SPorting que engloba uma equipa na 1ª (A) e outra na 2ª (B). Tanto pode jogar por qualquer uma como por ambas se necessário, desde que com um intervalo de 72 horas. Brian Ruiz estava a treinar com a equipa B porque assim o decidiu equipa técnica e direcção do clube. Muito se pode especular sobre a situação, só os intervenientes o saberão. Todavia é necessário relembrar que em 3 épocas de Sporting, o Brian nunca iniciou uma pré-época, existiram sempre compromissos da selecção da Costa Rica para todos os Verões e gostos. Se calhar foi isso que foi transmitido a Brian, que o clube é que lhe paga e que ele devia estabelecer prioridades, não era transferível, nem tão pouco face à idade necessitava de outros palcos para se mostrar. Tudo o resto parece-me treta, ou há compromisso com o Clube ou é transferido, Brian não quis nenhuma das duas!! A ser assim, se estivesse na direção do Sporting tinha-o posto de molho também.

    ResponderEliminar