quarta-feira, 11 de abril de 2018

O comunicado da SAD sobre o empréstimo obrigacionista

O comunicado emitido ontem pela SAD estende a polémica em que o Sporting está metido para mais uma dimensão: a financeira. Refere que o estado atual do clube compromete os planos de renovação do empréstimo obrigacionista emitido em 2015 - incluindo o adiamento do reembolso aos investidores -, abrindo hipóteses que não são propriamente tranquilizadoras.

Em primeiro lugar, parece-me que o comunicado é demasiado vago para estarmos a tirar conclusões prematuras. E a conclusão mais prematura de todas é pensar que a situação financeira do Sporting é pior do que aquela que os relatórios e contas deixam entender. É óbvio que o Sporting não tem nem nunca teria liquidez para pagar o empréstimo obrigacionista que está prestes a vencer. Nem o Sporting, e muito menos os seus rivais terão quando chegar a sua vez de reembolsar os seus empréstimos, convém lembrar. A solução, como faz qualquer outro clube que recorre a esta ferramenta de financiamento, é pedir um novo empréstimo obrigacionista para pagar o anterior. A única dúvida, normalmente, reside no montante do novo empréstimo: conseguirá a SAD evitar uma emissão de valor superior, como tem sido norma?

No comunicado pode ler-se que a operação para emissão de novo empréstimo obrigacionista já se encontrava em curso, para um montante de 30 milhões (ou seja, igual ao anterior), mas ficando a SAD com opção de aumentar esse valor em função da procura registada. Espero que isso não aconteça - porque não se deve facilitar o crescimento da bola de neve -, mas, na prática, não é nada que não tenha acontecido antes: por exemplo, o Benfica, na sua última emissão, em 2017, tinha como objetivo anunciado um valor de 50 milhões de euros, mas acabaria por aumentar o valor do empréstimo para 60 milhões após o fecho do período de subscrição.

Aliás, basta olhar para o histórico dos empréstimos obrigacionistas contraídos pelos grandes para perceber qual tem sido a regra: sempre a crescer.


Sendo esta, portanto, uma operação de rotina, mais estranho é que a SAD tenha decidido emitir um comunicado que deixe tantas dúvidas no ar. Por que razão concreta consideram que está em risco esta nova emissão - será sempre uma questão de oferecer uma taxa de juro um pouco mais atrativa - e abrem a possibilidade de adiar o reembolso do empréstimo obrigacionista contraído em 2015?

Há várias hipóteses que podem ser colocadas de quem está de fora, algumas mais preocupantes que outras:
  • Houve algum dos habituais grandes investidores deste tipo de títulos que fez saber à SAD que não está interessado em renovar o empréstimo? (lembro que a maior fatia do valor subscrito neste tipo de empréstimos está normalmente concentrado num número muito pequeno de investidores)
  • Consideram que, no atual momento de instabilidade, existem hipóteses de a nova emissão não ter sucesso praticando taxas de juro ao nível do que se pratica atualmente no mercado? Ou seja, estamos a falar de uma gestão de timing que permita empurrar a emissão para um momento em que a situação do Sporting esteja normalizada e em que o juro oferecido possa ser mais favorável para a SAD?
  • É um estratagema para evitar que se realize uma AG?

Parece-me importante que haja um esclarecimento adicional por parte da administração da SAD, porque algumas destas hipóteses são inquietantes. Sinceramente, penso que a explicação mais provável é a segunda das que apresento em cima, mas seria bom ouvi-lo da boca de quem tem responsabilidades. De preferência de Carlos Vieira.

A única coisa certa, no meio disto tudo, é que se trata de mais uma consequência nefasta das palavras de Bruno de Carvalho. Como se não bastasse o problema de gestão do plantel e o atrito gerado entre os sócios, agora passou para o plano financeiro. Se o presidente continuar no cargo, se isto não lhe servir de lição para perceber aquilo que não pode fazer, então não sei o que servirá.

18 comentários :

  1. O que o comunicado diz é grave. Mas, ao contrário daquilo que a direção tenta dar a entender (que as críticas à direção podem levar a problemas com o reembolso e renovação da emissão), o comunicado só mostra que esses problemas foram provocados por BdC.
    Portanto, a pouco tempo de emissão de novo empréstimo, BdC abre guerra com o maior activo financeiro da SAD? Desculpem mas isso só revela que, de momento, BdC não está capaz.

    ResponderEliminar
  2. Era importante, MUITO IMPORTANTE, que esta informação tal como a que hoje já vi no Mister do Café, fosse divulgada, difundida por todo o universo sportinguista, através do canal e jornal do clube e se possível por outros orgãos de informação, embora saibamos que isso é muito dificil..., mas nem que para isso a informação seja passada aos vários comentadores sportinguistas que regularmente falam em diversos canais televisivos!!! OS SPORTINGUISTAS PRECISAM DE INFORMAÇÃO E NÃO DE DESINFORMAÇÃO!! DIVULGUEM!!

    ResponderEliminar
  3. Era importante o Carlos Vieira vir a publico esclarecer estas situações. É o património do Sporting que está a ser posto em causa.

    ResponderEliminar
  4. Tiago, na minha opinião, há um erro de análise no teu comentário... não foi BdC que provocou "esses" problemas (apesar de por diversas vezes não ter comunicado bem...), FORAM OS JOGADORES que são pagos principescamente para jogar futebol, têm jogado mal, perderam com o braga, estamos práticamente fora do campeonato e até o 2º lugar, a analisar pelas ultimas arbitragens, é uma miragem, em madrid o inicio de jogo é NO MINIMO de uma falta de concentração inqualificável (não jogaram assim nem com R. Madrid, Barcelona ou Juventus), o artigo da jornalista espanhola que analisa o comportamento dos jogadores de ambas as equipas no tunel de acesso ao relvado nos minutos que antecedem o jogo, esse artigo não me caiu em saco roto e acho que ainda hoje não conhecemos todos os contornos do que realmente aconteceu!! Têm problemas com o nivel de exigencia máximo do presidente?? Aquele que investiu na equipa como nenhum outro, que fez a recompra dos seus passes para que passassem a pertencer ao SCP e não a empresários ou fundos, que lhes aumentou os ordenados e clausulas de rescisão... and so on... QUE TENHAM VERGINHA E COLOQUEM A MÃO NA CONSCIENCIA!! Não podem ser criticados?? É verdade que BdC fez mal ao fazê-lo publicamente mas será que isso justifica tudo o que fizeram depois?? Tinham pedido a presença do presidente na academia, estava tudo tratado para se reunirem em privado e discutirem o que havia para discutir e depois aquele comunicado..??? Afinal o que se passa sr.s capitães rui patricio e william de carvalho?? Querem sair?? sentem-se mal no nosso clube?? Expliquem-se por favor!! Na minha opinião caro Tiago, BdC continua capaz e se depender de mim... lá continuará!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Explique-me então porque não aconteceu o mesmo o ano passado? Estavamos fora da corrida do título e de qualquer outra competição, agora estavamos em todas mesmo o título sendo praticamente impossível. Fala dos jogadores mas eles fizeram um comunicado e mantiveram-se calados após isso, entraram em campo e mostraram que continuam a ter condições para jogar e ganhar, já BdC faz um comunicado nojento antes do jogo, invade uma conferência ao estilo de Salvador e Vieira onde não diz pão e só fala dele e na segunda ataca o JMS que apesar dos seus defeitos sempre defendeu BdC e os interesses do Sporting. Se acha que nada do que aconteceu foi provocado por Bruno de Carvalho tem de ver tudo de novo, cronologicamente ou então desculpe-me dizer-lhe mas está um bocado alucinado
      SL

      Eliminar
    2. nunca me ouviu dizer que nada do que aconteceu foi provocado por BdC!! Tudo começou com o post de BdC!! Não preciso de ver nada de novo vi tudo e tenho visto TUDO muito bem!! Desde os ataques concertados, ao longo de anos, por parte de quase toda a comunicação social, de alguns pseudo-notáveis sportinguistas que só querem tacho, pois alguns conheço-os bem e les até já estiveram a desempenhar funções no clube...que estava como estava quando BdC chegou...CONVÉM NÃO ESQUECER!! OS JOGADORES NUNCA DEVERIAM TER LANÇADO AQUELE COMUNICADO MAS O MAL AGORA ESTÁ FEITO! O Fábio limita-se aos jogadores (que são pagos, E BEM, para jogar E SÃO PROFISSIONAIS e a uns posts de facebook de MÁ COMUNICAÇÃO DE BdC, já o admiti por várias vezes!! E quanto a tudo o resto?? " Aquele que investiu na equipa como nenhum outro, que fez a recompra dos passes dos jogadores para que passassem a pertencer ao SCP e não a empresários ou fundos, aumentou-lhes os ordenados e clausulas de rescisão, construiu o pavilhão, contratou JJ digam o que disserem mas antes de JJ o sporting não valorizava nem vendia jogadores aos preços a que passou a vender...MUITO HAVERIA PARA DIZER SOBRE TUDO O QUE BdC fez de bem comparativamente ao que fez de mal...
      Colocando nos pratos da balança eu diria - BdC bem 1kg, BdC mal 900grs... APÓS O TRATAMENTO DA COMUNICAÇÃO SOCIAL AS 900GRS PASSAM A 9KG E O 1KG PASSA A 100GRS...PERCEBERAM??! ABRAM A PESTANA!!! CMTV, SIC, TVI, ABOLA, RECORD, BTV e afins uniram-se há já muito tempo para nos tramar, desde que BdC chegou e eles perceberam que ele não vinha para ser MAIS UM NOTÁVEL!! ABRAM A PESTANA DE UMA VEZ POR TODAS OU O SPORTING VOLTA PARA A VALETA!!

      Eliminar
    3. Só uma nota pessoal: a recompra de passes, muitos deles, foi feita através da cedência de posição à Holdimo. Ou seja, perdemos ainda mais percentagem na SAD. É verdade que os jogadores não deviam ter emitido (aquele) comunicado criticando o comunicado do BC. Não fez sentido da forma como foi feito. Mas não invertam as coisas. Quem começou esta palhaçada toda foi o BC.

      Sempre disse que o resultado financeiro da sua administração se conheceria quando ele saísse do Sporting. Enganei-me. Já se conhece e é uma miséria.

      Que alguns Media não gostam do Sporting, é claro, mas quem está a tirar proveito deles neste momento é o BC através da apoplexia colectiva que se abateu sobre a grande maioria dos Sportinguistas e que me preocupa, porque começam a colocar o BC acima do Sporting Clube de Portugal.

      Porque carga de água não se faz uma auditoria verdadeira às contas do clube? É óbvio que estamos em piores condições do que pensamos e por muito que desejem tapar o Sol com a peneira, as contas disponíveis da SAD mostram isso mesmo, por muitas voltas que se dê ao documento. E é escusado responderem com acusações estilo "croquete" e "o que estava bem para ti era como estávamos antes a lutar pelo terceiro lugar", este homem não serve os interesses do Sporting e nunca serviu. Ele e o JJ podiam caminhar de mãos dadas em direcção ao "por do Sol" e ficar por lá.

      Quem viria a seguir? Não faço a mínima ideia! O que estava antes não serve. Madeiras e quejandos também não. Mas não me preocupa muito. Que vai aparecer alguém, não tenho dúvida nenhuma. Eu, pelo menos, sei o estilo de gentinha que não quero ver no Sporting e não quero lá BC e os que estavam antes. Quem vier a seguir, para além de ter que pagar as contas que este lá deixa, ainda vai ter um belo de um problema para resolver e que se prende com os atletas profissionais do Futebol. Preparem-se para as rescisões de contrato com justa causa no final da época. Para os que pensam que a reacção dos jogadores se deveu apenas ao comunicado depois do jogo de Madrid está completamente alheado da realidade. E as mensagens para os jogadores? E as ameaças físicas? E pessoal a tocar à porta de casa de alguns deles às 2, 4 e 6 da manhã? As tácticas do BC, há 30 anos eram capazes de ter dado resultado, hoje não! E acredito que nenhum de vocês quer ver o Sporting Clube de Portugal a ser gerido desta maneira, quer financeira, quer humanamente.

      Ainda se lembram do post no facebook a insultar o presidente do Braga? Mesmo que ele o tenha merecido (e eu acredito que sim), é assim que queremos ver o presidente do nosso Sporting Clube de Portugal dirigir-se aos outros? E depois de o insultar, vem reagir da forma que o fez na conferência de imprensa insultando os sócios e adeptos do Sporting? Mas, com toda a franqueza, acham isso bem?

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Camilo Lourenço, o homem que é, com José Marinho, co-autor do livro sobre José Veiga "Como fazer do Benfica campeão" (LINK)? E que recomendava o investimento no BES? Esse Camilo Lourenço?

      Eliminar
    2. Bom argumento Mestre sobre o BES entao nao foram todos enganados? Pelo menos é corrente nos investimentos nos EO dos clubs...

      Eliminar
  6. O comunicado tenta fazer passar a ideia de que as dificuldades se devem à intervenção de "terceiros"...mas quem provocou a crise?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta Soares foi o único ligado ao clube que pediu uma crise directiva.

      Eliminar
  7. O comunicado tenta fazer passar a ideia que as dificuldades se devem à intervenção de "terceiros". Mas, quem provocou a crise não sabia da importância das negociações?

    ResponderEliminar
  8. https://sporting.blogs.sapo.pt/coisas-do-capitalismo-3904561

    ResponderEliminar
  9. Obviamente que isto é o ponto três que oMestre refere. É uma tentativa de controlo de danos do comportamento de javali - que leva tudo à frente - do presidente do Sporting. O passo seguinte foi a retirada do famoso processo ao jogadores como foi anunciado. Agora é fazerem figas para amanhã fazermos má figura com o Atlético para que os sócios não tenham ideias de mudar de direção e defender a equipa.

    ResponderEliminar
  10. O camilo Lourenço, tem um programazeco, no youtub em cojunto com um jornalista desportivo d rtp, cujo titulo, é, falemos de futebol e só de futebol, como lhe convém, vistk o clube dele, estar altamente comprometido, com várias prováveis ptifarias com emajls e vouchers, só que este fulano, aproveitou estes acontecimentos, com o presidente do sporting, para falar disso no seu programa, indo contra o sej lema, que era de falar só de futebol, jogado dentro das quatro linhas, o que só vem provar que é um pulha, sem a minima credibilidade, e sem caracter.

    ResponderEliminar
  11. Caro Sr. Mestre
    Parece-me que sua análise peca por pouca profundidade no âmbito das necessidades de financiamento correntes (Responsabilidades de pagamento/amortização/liquidação nos próximos 12 meses). Mas antes de apresentar os números presentes no R&C da Sporting SAD referente ao 1º semestre de 2017/2018, gostaria de questionar-lhe Sr. Mestre, se não considera tempo insuficiente, isto é, menos de 2 meses para prepara e orquestrar o plano para a emissão do novo empréstimo obrigacionista? Dado que o presente empréstimo obrigacionista (2015-2018) tem como data de liquidação 25 Maio 2018. Ou será de todo improvável/impensável que porventura a Sporting SAD tem vindo desde vários meses a esta parte a tentar negociar com os bancos promotores do empréstimo obrigacionista 2015/2018 ou mesmo com outros bancos que pudessem/estivessem interessados em promover um novo empréstimo obrigacionista, no entanto a Sporting SAD não tenha conseguido finalizar/concluir essa negociação com condições aceitáveis/desejáveis para os interesses da Sporting SAD.
    E já agora gostaria que analisa-se o facto da Sporting SAD ter convocado uma Assembleia de Obrigacionistas (Basicamente convocar todos os detentores de Obrigações da Sporting SAD 2015/2018), em que resumidamente propõem estender a data de liquidação/pagamento do presente empréstimo obrigacionista em mais 6 meses, isto é, definir uma nova data de liquidação para 26 Novembro 2018, garantindo rentabilidade (juros) no valor de 6,25% (taxa anual) nesses 6 meses extensão. Gostaria igualmente que comenta-se o facto que na hipotética extensão do prazo de pagamento (mais 6 meses) constitui um evento de crédito e CMVM deverá/terá de se prenunciar/ajuizar sobre essa hipotética situação. Não considera no mínimo, pouco recomendável uma Sociedade prestar-se ao juízo depreciativo, com facto de não honrar os seus compromissos no pagamento atempado das suas obrigações, ainda sujeitar-se a remuneração de 6,25% na extensão do presente empréstimo obrigacionista. Será de todo improvável/impensável que nas hipotéticas negociações para um novo empréstimo obrigacionista, os bancos não estariam interessados em promover um novo empréstimo obrigacionista com rentabilidade nessa ordem de grandeza 6,25%.
    Posto isto, gostaria que comenta-se as necessidades de financiamento de curto prazo da Sporting SAD:
    Passivo corrente 174M€: Nesse passivo (Financiamentos obtidos correntes 81M€ +
    Fornecedores correntes 33M€) o restante montante (Estado/outros credores/outros passivos 60M€)
    Activo corrente 60M€: Nesse activo (Clientes correntes 32M€ + caixa e equivalentes 13M€) o restante montante (outros devedores/outros activos 15M€)
    Com estes dados podemos concluir que a relação entre passivo corrente e activo corrente é NEGATIVA em 114M€.
    Por fim, gostaria que comenta-se o facto da Sporting SAD, admitir no seu comunicado a intenção de pedir um novo empréstimo obrigacionista no montante superior a 30M€ para liquidar o anterior e o restante valor para fazer face a questões de tesouraria.
    Cumprimentos,
    Santos

    ResponderEliminar
  12. O comunicado é sobre o último ponto.

    Não podes fazer um empréstimo obrigacionista no meio de uma crise directiva, ninguém te vai emprestar dinheiro para renovar o EO, sem saber o futuro do clube. Os investidores não sabem com quem vão contar no futuro. Só um maluquinho metia dinheiro no Sporting se iam haver demissões e novas eleições.

    Por isso, com as ameaças do Marta Soares que vai demitir o presidente e convocar eleições, saiu esse comunicado cá para fora. Chama a atenção que por causa desse otário se ele levar as coisas avante, não vão poder reembolsar o EO aquando do seu vencimento.

    Não só dão uma rebocada no Marta Soares, porque ele é que veio com as merdas da destituição (ele não é da oposição, nem alheio ao clube, ele está ligado a esta direcção e "tem" o poder de dar este tipo de barracas), como "obrigam" os investidores a "comer e calar" se realmente estão interessados nos seus investimentos.

    Daqui a um mês já ninguém se lembra desta novela quando fizerem a reunião, acertam agulhas, e liquidam o EO com outro normalmente.

    ResponderEliminar